A importância do brincar para o desenvolvimento infantil

tirinha

 

 

 

 

 

 

 

Ao analisar a rotina das crianças é possível notar que a produtividade e o tempo são supervalorizados, fato ilustrado pela charge acima em que Armadinho, em meio a tantos compromissos, pergunta a sua mãe em que momento poderá ser criança, isto é, quando poderá se divertir e brincar. Fica claro também que brincar atualmente é considerado pouco importante, pois é preciso que a criança aprenda, desde cedo, a se portar com responsabilidade e competência. Mas será mesmo que a brincadeira livre e prazerosa é desnecessária para a formação de um adulto saudável?

Não é o que nos mostra o documentário “Tarja Branca- a revolução que faltava” que evidencia o valor dos momentos de brincadeira no processo de crescimento de todo ser humano. Quando está brincando, a criança desenvolve sua criatividade, suas habilidades de convívio social, além de aprender a criar soluções para seus impasses.

Autores tradicionais, como Vygotsky e Winnicott, também revelam que a brincadeira é essencial para desenvolvimento infantil. O primeiro afirma que   a brincadeira é uma reprodução das relações sociais, pois a criança apenas repete o que vê do meio em que vive. Já para Winnicott a brincadeira não é somente uma reprodução dos costumes, como também uma forma que a criança encontra de transmitir os sentimentos.

Assim, mesmo que capacitar as crianças seja fundamental para o seu futuro como um bom profissional e um adulto capaz de responder às exigências sociais, não podemos nos esquecer de que o brincar é indispensável para o desenvolvimento infantil e, através dele, é possível inclusive trabalhar elementos importantes como a responsabilidade e a autonomia. Por isso, fique atenta à rotina dos seus filhos para que haja espaço para a atividade lúdica, a diversão e a invenção! Sem dúvida esses são elementos que farão diferença em seu futuro!!

Publicado em 4 de agosto de 2014 / Atualizado em 7 de agosto de 2014

WINNICOTT, D.W. O brincar e a realidade. Rio de Janeiro: Imago Editora Ltda., 1975.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Livraria Martins Fontes Editora Ltda., 1984.

Veja o que a nossa comunidade está dizendo sobre este tema e comente! Comentar